acordar já tarde e pôr um som reggae. olhar pela janela e observar o tempo frio nada próprio de fim de Março.
pensar numa solução para uma suposta capela laica. um suposto espaço de meditação espectacular. silencioso, frio, compacto. intenso ou suave? fumar um cigarro com o professor de projecto e explicar-lhe as entradas de luz.
poderia ter ido ao teatro, ao cinema, beber café.
constatar que não tenho sorte nenhuma. que há sempre qualquer coisa que não faz sentido. sinto uma enorme necessidade que as estrelas mudem de lugar.
amanhã vou lomografar e sentir a cidade como nunca.

Sem comentários:

html code
Daily Specials