disse-me: tira a roupa. e eu tirei. depois ocupámos naturalmente aquele chão frio. ao longe ouvíamos uma espécie de pardais a anunciar a manhã. e as luzes da rua tremeluziam. de repente começou a chover, mas nem isso nos impediu de inundar aquele pátio de amor.

2 comentários:

elena disse...

cada día que pasa me enamoro un poquito de lo que escribes.

de lo bueno, lo mejor.

Pi disse...

adorei,...

beijo,

html code
Daily Specials