ele estava do outro lado da rua e nao aconteceu completamente nada. ficaria sem fôlego apenas se levantasse o olhar. somos parvas, demasiado sensiveis. queria nem sequer atender-lhe as chamadas, ou dizer que amanhã tenho uma entrega de um trabalho muito importante. não sou capaz.

1 comentário:

Elena disse...

somos parvas.Com certeza eu sim.

html code
Daily Specials