Na verdade, eu não consigo esquecer aquele momento. Eu, ao teu lado na cama rés ao chão, o sol que já tinha nascido, a tua cantilena de embalar que consistia em 'és linda, és linda, és linda' até tu próprio adormeceres, o meu cabelo desordenado, o cheiro a vodka que me entorpecia, a maquilhagem que me envergonhou frente ao espelho depois do banho, o anel azul que disseste que era das princesas, e eu sou uma princesa, a tua princesa se tu tivesses querido esquecer aquela tua ex-namorada de quem falaste metade da madrugada. Metade é muito, sabes? Metade é muito...

1 comentário:

ELENA disse...

a foto: giríssima.

html code
Daily Specials