Foi sempre essa a vida que eu quis: todas as quintas ir a casa de uma moça brasileira que faz manicure impecavelmente numa rua perpendicular à Avenida da Liberdade, ficar do alto do seu terceiro andar e observar o céu ficar escuro enquanto a brisa se arrefece dos primeiros dias de Verão. Mas tudo o que eu queria, tudo o que eu queria era um almoço de picanha no Leblon, um suco de laranja e manga para a descida até à praia ser mais fácil, um picolé de côco, as montanhas a cada esquina, entrar numa lojinha de camelôs e não comprar uma única coisa.

2 comentários:

carla. disse...

eu adoro este blog caramba!

Mafalda disse...

Gosto muito*

html code
Daily Specials