um dia vou viver numa casa cheia de luz, porque uma casa de sonho tem que ter muita luz. vou chegar a casa muito tarde porque fiquei a trabalhar. um dia vou ter dinheiro para comprar todos os livros do mundo, e vou a todos os espectáculos do CCB. um dia vou passar muitas tardes nos jardins da Fundação Bulbenkian, e vou pensar muito, e inspirar-me muito, e sorrir muito lá. um dia vou ouvir jazz ao acordar, e jazz ao anoitecer, porque é bom e sabe bem. um dia não vou pensar mais no amor, porque terei todo o amor para mim.

2 comentários:

LULU disse...

espera ate entrares numa casa, com a luz do norte...
nao ha nada mais limpido que a luz do norte...

(ja agora, faço um dos meus raros comentarios arquitectonicos - nao deves conhecer, por isso aqui fica: knut hjeltmes)

:)

Meghy disse...

maria... de repente deu-me uma vontade tremenda de te ler... sabes... um dia a minha casa vai cheirar a torradas logo de manhã... e vai entrar o sol e através dos raios vamos poder ver aqueles grãozinhos de pó... ao longe tenho a certeza que vamos ouvir um chuveiro a correr... é Ele a tomar duche... Depois Ele vai gritar a pedir uma toalha. Na minha casa vai haver brinquedos espalhados pelo chão... e biberons... e chuchas... uma lareira para aquecer à noite... um montão de filmes para ver... e sabes... e vou namorar muiiiito... mas sempre sem fazer barulho, para não acordar o bebé... Sabes maria... um dia vou ter uma casa, e vou-te convidar... :)
Bj*

html code
Daily Specials